Menu fechado

Ética, princípios e valores – Resumo

Prestando algum concurso público? Veja as apostilas disponíveis!

Apostilas opção são boas? veja este artigo sobre.

Ética, princípios e valores

Para entendermos os princípios e valores éticos é necessário entender o que é ética:

 

Ética:

Ética é o nome dado ao ramo da filosofia dedicado aos assuntos morais. A palavra ética é derivada do grego, e significa aquilo que pertence ao caráter. Ética segundo dicionário significa:

  • parte da filosofia responsável pela investigação dos princípios que motivam, distorcem, disciplinam ou orientam o comportamento humano, refletindo a respeito da essência das normas, valores, prescrições e exortações presentes em qualquer realidade social.
  • conjunto de regras e preceitos de ordem valorativa e moral de um indivíduo, de um grupo social ou de uma sociedade.

 

A Ética possui certos princípios que a definem, estes são:

 

Igualdade:

Igualdade é a ausência de diferença. A igualdade ocorre quando todas as partes estão nas mesmas condições, possuem o mesmo valor ou são interpretadas a partir do mesmo ponto de vista, seja na comparação entre coisas ou pessoas. Segundo dicionário significa:

  • “i. de salário”: fato de não apresentar diferença quantitativa.
  • fato de não se apresentar diferença de qualidade ou valor, ou de, numa comparação, mostrarem-se as mesmas proporções, dimensões, naturezas, aparências, intensidades; uniformidade; paridade; estabilidade.
  • “i. de oportunidades”: princípio segundo o qual todos os homens são submetidos à lei e gozam dos mesmos direitos e obrigações.

 

Liberdade:

Liberdade significa o direito de agir segundo o seu livre arbítrio, de acordo com a própria vontade, desde que não prejudique outra pessoa, é a sensação de estar livre e não depender de ninguém. Liberdade é também um conjunto de ideias liberais e dos direitos de cada cidadão. Segundo dicionário significa:

  • grau de independência legítimo que um cidadão, um povo ou uma nação elege como valor supremo, como ideal.
  • “l. religiosa”: conjunto de direitos reconhecidos ao indivíduo, isoladamente ou em grupo, em face da autoridade política e perante o Estado; poder que tem o cidadão de exercer a sua vontade dentro dos limites que lhe faculta a lei.
  • “l. de movimentos”: condição daquele que não se acha submetido a qualquer força constrangedora física ou moral.
  • “l. um prisioneiro”: condição daquele que não é cativo ou que não é propriedade de outrem.
  • autonomia, independência, soberania.
  • possibilidade que tem o indivíduo de exprimir-se de acordo com sua vontade, sua consciência, sua natureza.
  • licença, permissão.
  • atitude que revela confiança, familiaridade.
  • capacidade individual de optar com total autonomia, mas dentro dos condicionamentos naturais, por meio da qual o ser humano realiza a sua plena autodeterminação, organizando o mundo que o cerca e satisfazendo suas necessidades materiais.
  • “l. galicanas”: autonomia de que gozam certos grupos sociais; imunidades, franquias.
  • maneira petulante, audaciosa de agir.
  • intimidade no trato amoroso.

Solidariedade

Solidariedade é o substantivo feminino que indica a qualidade de solidário e um sentimento de identificação em relação ao sofrimento dos outros. Segundo dicionário significa:

  • caráter, condição ou estado de solidário.
  • compromisso pelo qual as pessoas se obrigam umas às outras e cada uma delas a todas.
  • sentimento de simpatia ou piedade pelos que sofrem.
  • manifestação desse sentimento, com o intuito de confortar ou ajudar.
  • cooperação ou assistência moral que se manifesta ou testemunha a alguém em certas circunstâncias.
  • estado ou condição de duas ou mais pessoas que dividem igualmente entre si as responsabilidades de uma ação ou de uma empresa ou negócio, respondendo todas por uma e cada uma por todas; interdependência.
  • “s. partidária”: identidade de sentimentos, de ideias, de doutrinas.

Honestidade

Honestidade é a palavra que indica a qualidade de ser verdadeiro: não mentir, não fraudar, não enganar. Quanto à etimologia, a palavra honestidade tem origem no latim honos, que remete para dignidade e honra. A honestidade pode ser uma característica de uma pessoa ou instituição, significa falar a verdade, não omitir, não dissimular. O indivíduo que é honesto repudia a malandragem e a esperteza de querer levar vantagem em tudo. Segundo dicionário significa:

  • qualidade ou caráter de honesto, atributo do que apresenta probidade, honradez, segundo certos preceitos morais socialmente válidos.
  • característica do que é decente, do que tem pureza e é moralmente irrepreensível; castidade.

 

Justiça

Justiça é a particularidade do que é justo e correto, como o respeito à igualdade de todos os cidadãos, por exemplo. Etimologicamente, este é um termo que vem do latim justitia. É o princípio básico que mantém a ordem social através da preservação dos direitos em sua forma legal. Segundo dicionário significa:

Prestando algum concurso público? Veja as apostilas disponíveis!

Apostilas opção são boas? veja este artigo sobre.

  • “não há como questionar a j. de sua causa”: qualidade do que está em conformidade com o que é direito; maneira de perceber, avaliar o que é direito, justo.
  • “a história ainda há de fazer-lhe j.”: o reconhecimento do mérito de alguém ou de algo.
  • conjunto de órgãos que formam o poder judiciário.
  • “a j. vem reivindicando melhores salários”: o conjunto de pessoas que participam do exercício da justiça.
  • “J. Civil”: cada uma das jurisdições encarregadas de administrar a justiça.

 

Responsabilidade

Responsabilidade é um substantivo feminino com origem no latim e que demonstra a qualidade do que é responsável, ou obrigação de responder por atos próprios ou alheios, ou por uma coisa confiada. A palavra responsabilidade está relacionada com a palavra em latim respondere, que significa “responder, prometer em troca”. Segundo dicionário significa:

  • obrigação de responder pelas ações próprias ou dos outros.
  • caráter ou estado do que é responsável.
  • dever jurídico resultante da violação de determinado direito, através da prática de um ato contrário ao ordenamento jurídico.

 

Respeito

Respeito é um substantivo masculino oriundo do latim respectus que é um sentimento positivo e significa ação ou efeito de respeitar, apreço, consideração, deferência. Segundo dicionário significa:

  • ato ou efeito de respeitar(-se).
  • consideração, deferência, reverência.
  • estima ou consideração por alguém ou algo.
  • obediência, acatamento.
  • modo pelo qual se encara uma questão; ponto de vista.
  • o que motiva algo; razão, causa.
  • sentimento de medo; receio.
  • “envie-lhe meus r.”: cumprimentos, saudações, homenagens.

 

 

Confiança

A confiança é o sentimento de segurança ou a firme convicção (a fé) que alguém tem relativamente a outra pessoa ou a algo. Também se trata da presunção de si próprio e de uma característica que permite levar a cabo coisas ou situações por norma difíceis. Segundo dicionário significa:

  • “ter profunda c. num amigo”: crença na probidade moral, na sinceridade, lealdade, competência, discrição etc. de outrem; crédito, fé.
  • “tem c. nos freios para correr assim?”: crença de que algo não falhará, de que é bem-feito ou forte o suficiente para cumprir sua função.
  • “ter grande c. em si”: força interior; segurança, firmeza.
  • “ter c. no futuro, na vida”: esperança, otimismo.
  • “o acordo foi assinado num clima de c.”: sentimento de segurança mútua.
  • “gosto da c. com que me trata”: familiaridade, intimidade.
  • “que c. é essa agora de me pedir dinheiro?”: liberdade excessiva; atrevimento, insolência.
  • ousadia nas iniciativas amorosas.

 

Disciplina

Disciplina é a obediência ao conjunto de regras e normas que são estabelecidos por determinado grupo. Também pode se referir ao cumprimento de responsabilidades específicas de cada pessoa. Segundo dicionário significa:

  • “d. militar”: obediência às regras, aos superiores, a regulamentos.
  • “é essencial a d. dentro de um hospital”: ordem, regulamento, conduta que assegura o bem-estar dos indivíduos ou o bom funcionamento (p.ex., de uma organização).
  • “esses alunos não têm d.”: ordem, bom comportamento.
  • “para vencer na vida é preciso d.”: comportamento metódico, determinado; constância.
  • ciência, ramo de conhecimento; matéria escolar.
  • cordas ou correntes com que frades, devotos e penitentes se flagelam.

 

 

Fonte: Central de Favoritos e Dicionário Google

 

Vídeo(s):

 

Ética, princípios e valores

Prestando algum concurso público? Veja as apostilas disponíveis!

Apostilas opção são boas? veja este artigo sobre.

Publicado em:Filosofia

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *