Menu fechado

Química: conceitos fundamentais de matéria, corpo, objeto, energia e temperatura – Resumo

Prestando algum concurso público? Veja as apostilas disponíveis!

Apostilas opção são boas? veja este artigo sobre.

Química: conceitos fundamentais de matéria, corpo, objeto, energia e temperatura

 

A matéria

Denomina-se matéria tudo aquilo que tem massa e ocupa lugar no espaço e, desse modo, possui volume. Podemos citar como exemplos de matéria a madeira, o ferro, a água, o ar e tudo o mais que imaginemos dentro da definição acima. A ausência total de matéria é o vácuo. Denomina-se corpo qualquer porção limitada de matéria, por exemplo uma tábua de madeira, uma barra de ferro, um cubo de gelo. Denomina-se objeto todo corpo que, devido à sua forma, se presta a determinada finalidade ou uso, como uma cadeira, uma faca ou um martelo.

 

Propriedades da matéria

Propriedades são uma série de características que, em conjunto, definem a espécie de matéria.

Podemos dividi-las em 3 grupos: gerais, funcionais e específicas.

 

Propriedades gerais

São as propriedades inerentes a toda espécie de matéria. E essas são:

  1. Massa: é a grandeza que usamos como medida da quantidade de matéria de um corpo ou objeto.
  2. Extensão: espaço que a matéria ocupa, seu volume.
  3. Impenetrabilidade: é o fato de que duas porções de matéria não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo.
  4. Divisibilidade: toda matéria pode ser dividida sem alterar a sua constituição (até um certo limite).
  5. Compressibilidade: o volume ocupado por uma porção de matéria pode diminuir sob a ação de forças externas.
  6. Elasticidade: se a ação de uma força causar deformação na matéria, dentro de um certo limite, ela poderá retornar à forma original.

 

Propriedades funcionais

São propriedades comuns a determinados grupos de matéria, identificadas pela função que desempenham. A Química se preocupa particularmente com estas propriedades. Podemos citar como exemplo de propriedades funcionais a acidez, a basicidade, a salinidade de algumas espécies de matéria.

 

Propriedades específicas

São propriedades individuais de cada tipo particular de matéria:

  1. Organolépticas: são aquelas capazes de impressionar os nossos sentidos, como a cor, que impressiona a visão, o sabor e o odor, que impressionam o paladar e o olfato respectivamente, e a fase de agregação da matéria, que pode ser sólida (pó, pasta), líquida ou gasosa e que impressiona o tato.
  2. Químicas: são propriedades responsáveis pelos tipos de transformação que cada matéria é capaz de sofrer. Por exemplo, o vinho pode se transformar em vinagre; o ferro pode se transformar em aço, mas o vinho não pode se transformar em aço nem o ferro em vinagre.
  3. Físicas: são certos valores constantes, encontrados experimentalmente, para o comportamento de cada tipo de matéria, quando submetida a determinadas condições. Essas condições não alteram a constituição da matéria, por mais adversas que sejam. Por exemplo: sob uma pressão de 1 atmosfera, a água passa de líquida para gasosa à temperatura de 100°C, sempre.

 

Corpo: 

Dá-se o nome de corpo a uma porção limitada de matéria, como por exemplo, uma pedra, um litro de leite, a atmosfera que envolve a Terra, o Sol, uma geladeira, um gato. Por exemplo, conforme dito, uma árvore é uma matéria; assim, quando cortamos toras de madeira, temos que essas toras podem ser designadas como corpos ou como matéria também.

 

Objeto:

Já um objeto é um corpo usado como utensílio pelo homem. Assim, um pedaço de pau passa a ser um objeto quando usado como bengala, ou ainda como estaca. Quando no período pré-histórico, o homem aprendeu a construir utensílios de pedra, de madeira e de osso, estava aprendendo a fabricar objetos para facilitar sua vida. A matéria é constituída de pequenas partículas esféricas maciças e indivisíveis denominadas átomos.

Resumo :

Prestando algum concurso público? Veja as apostilas disponíveis!

Apostilas opção são boas? veja este artigo sobre.

Matéria: É tudo o que tem massa e ocupa espaço no Universo.
Corpo: Porção limitada de matéria
Objeto: Corpo usado com utensílio

 

Energia e Temperatura:

Energia:

Denomina-se energia a capacidade de realizar trabalho e tudo que pode modificar a matéria, por exemplo, na sua posição, fase de agregação ou natureza química. Energia é também tudo o que pode provocar ou anular movimentos e causar deformações. Há várias formas de energia: a energia mecânica, que engloba as energias potencial (de posição) e cinética (de movimento), a energia elétrica, a energia química, a energia nuclear e assim por diante.

 

Propriedades da energia:

As propriedades fundamentais da energia são a transformação e a conservação:

  1. A transformação: Uma queda d’água pode ser usada para transformar energia potencial em energia elétrica. A energia química se transforma em elétrica quando acionamos a bateria de um carro, e assim por diante.
  2. A conservação: A energia não pode ser criada ou destruída. De acordo com a Lei da Conservação da Energia, sempre que desaparece uma quantidade de uma classe de energia, uma quantidade exatamente igual de outra(s) classe(s) de energia é(são) produzida(s). Quando Albert Einstein formulou a Teoria da Relatividade, mostrou que a massa (portanto a matéria) pode se transformar em energia e que a energia pode se transformar em massa (matéria). A relação entre essas duas grandezas é dada pela equação:
E=m.c²

onde:

c = velocidade da luz no vácuo ( =3,0 x 108m/s)
E = energia que corresponde à massa m.

A partir daí elaborou-se um conceito mais avançado de matéria:

Matéria é energia condensada.

A constituição elementar da matéria.

 

 

Temperatura: 

A Temperatura é a propriedade de um sistema que implica as noções comuns de “quente” ou “frio”. Em geral a matéria com a temperatura maior é dita mais quente.

A temperatura é devida à transferência da energia térmica, ou calor, entre um e outro sistema. Quando dois sistemas são na mesma temperatura, eles são em equilíbrio térmico e não há transferência de calor. Quando existe uma diferença de temperatura, o calor será transferido do sistema de temperatura maior para o sistema de temperatura menor até atingir um novo equilíbrio térmico. Esta transferência de calor pode acontecer por condução, convecção ou radiação (veja calor para obter mais detalhes sobre os diversos mecanismos de transferência de calor). As propriedades precisas da temperatura são estudadas em termodinâmica. A temperatura tem também um papel importante em muito campos da ciência, entre outros a física, a química e a biologia.

A temperatura está ligada à quantidade de energia térmica ou calor num sistema. Quanto mais se junta calor a um sistema, mais a sua temperatura aumenta. Ao contrário, uma perda de calor provoca um abaixamento da temperatura do sistema. Na escala microscópica, este calor corresponde à agitação térmica de átomos e moléculas no sistema. Assim, uma elevação de temperatura corresponde a um aumento da velocidade de agitação térmica dos átomos.

Muitas propriedades físicas da matéria como a fase (sólida, líquida, gasosa ou plasma), a densidade,a solubilidade, a pressão de vapor e a condutibilidade elétrica dependem da temperatura. A temperatura tem também um papel importante no valor da velocidade e do grau da reação química. É por isso que o corpo humano possui alguns mecanismos para manter a temperatura a 37º [Celsius|C], visto que uma temperatura um pouco maior pode resultar em reações nocivas à saúde, com conseqüências sérias. A temperatura controla também o tipo e a quantidade de radiações térmicas emitidas pela área. Uma aplicação deste efeito é a lâmpada incandescente, em que o filamento de tungstênio é aquecido eletricamente até uma temperatura onde uma quantidade notável de luz visível é emitida.

A temperatura é uma propriedade intensiva de um sistema, o que significa que ela não depende do tamanho ou da quantidade de matéria no sistema. Outras propriedades intensivas são a pressão e a densidade. Ao contrário, massa e volume são propriedades extensivas e dependem da quantidade de material no sistema.

Fonte: Central de Favoritos

 

Vídeo(s):

Química: conceitos fundamentais de matéria, corpo, objeto, energia e temperatura

Prestando algum concurso público? Veja as apostilas disponíveis!

Apostilas opção são boas? veja este artigo sobre.

Publicado em:Química

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *